Quando o Bebê Pode Sair para Passear?

por

Oi Mãe Quer uma Promoção nos Artigos de Bebê?

Mamãe, estamos com uma parceria exclusiva com marcas renomadas de maternidade, oferecendo descontos de até 50% em uma variedade de produtos para bebês e mães.

Ser mãe é uma jornada repleta de alegrias, mas também de desafios financeiros e custos inesperados.

Sabemos que ser Mãe traz muitas alegrias mas também muitas despesas. Economizar com produtos pode ajudar você e a sua familia.

Acesse o nosso grupo VIP para mães e receba descontos especiais todos os dias.


Há muitas dúvidas que chegam com o bebê e algumas delas ouvimos falar até demais, com mil conselhos vindos por todo lado, enquanto outras dúvidas são pouco faladas.

Uma dúvida que você pode ter e a Mãe Experiente veio te ajudar é: quando o bebê pode sair para passear?

Quando o Bebê Pode Sair para Passear

A resposta é: depende de cada bebê. A partir do primeiro dia você já pode perguntar para o pediatra qual a recomendação.

Mas se você for do tipo mais cautelosa, o ideal é após os primeiros meses de vida, por volta do 2º ou 3º mês.

Fora que existem vantagens e desvantagens em sair com o bebê para passear, por isso você, papai ou mamãe, deve tomar alguns cuidados ao sair de casa com o seu pequeno.

Quer saber o porquê disso? A Mãe Experiente te conta, então continue lendo!

Aproveite para conferir também nosso ranking das melhores bolsas maternidade do mercado em outro artigo nosso. Clique e saiba mais.

Quando o Bebê Pode Sair para Passear?

Depende de cada bebê, por isso, consulte o seu pediatra para saber a melhor recomendação para o seu bebê em específico.

Para os mais cautelosos, o bebê pode começar a dar passeios curtos após o 2º ou 3º mês de vida. 

Isso porque após esse período o bebê já tomou as principais vacinas, estando com um sistema imunológico mais forte.

Claro que, além de poder causar desconforto e irritação no bebê, estar em ambientes muito cheios pode resultar no bebê contraindo alguma doença infecciosa, o que é o maior medo dos pais.

Mas nessa lógica, receber muitas visitas em casa ou na maternidade também oferece riscos.

Caso você opte pelo passeio, lembre-se de manter o bebê quentinho na medida certa, protegido do sol e do vento, e com uma mochila que contenha todos os itens necessários para o seu bem-estar.

Vantagens dos Passeios

O passeio é sempre uma oportunidade para o seu bebê se fascinar com o mundo, conhecer coisas novas e adquirir mais conhecimento e experiência.

Além disso, a depender do passeio, como para a casa da avó, essa pode ser uma ótima oportunidade para a mãe descansar também, já que terá assistentes para ficar de olho no bebê.

bebe saindo para passear no campo

Uma mudança de ares também pode ajudar a cansar a criança, que estará querendo explorar o novo ambiente, e terá mais chances de dormir bem à noite.

Esse é ainda um bom truque para crianças que têm dificuldade para dormir, os pais as levam para passear em locais tranquilos e mais vazios e isso ajuda elas a ficarem mais relaxadas.

Desvantagens dos Passeios

Pessoas fazendo barulhos muito altos, locais muito coloridos, há muitas coisas que podem acabar deixando o bebê de mau humor.

Além disso, encontrar com muitas pessoas pode acabar incentivando a propagação de germes, ou vírus, e ainda mais irritação pelo número de pessoas que se juntam ao redor do bebê.

Há muitas pessoas que veem um bebê e já querem o pegar no colo, por isso é essencial uma higiene impecável mínima.

Há chances ainda de insolação, pegar gripe e muitas coisas.

Para evitar esses problemas, você pode tomar alguns cuidados na hora de sair com o seu bebê para um passeio.

Cuidados para o Passeio com o Bebê

Procure escolher locais que não são muito cheios e nem muito barulhentos ou coloridos.

É importante também se certificar, antes do passeio e antes de colocar o bebê no aparelho, se o bebê conforto está bem encaixado.

Para isso, é essencial que você tenha um bebê conforto resistente e seguro, para garantir a segurança do seu pequeno.

Leve também uma bolsa maternidade com tudo o que o bebê irá precisar de acordo com o tempo que estará fora de casa, o que inclui fraldas, roupinhas extras, lenços umedecidos, entre outros itens de bebê.

Para passeios como caminhadas ao ar livre, é recomendável o uso de um bom carrinho de bebê para não cansar o braço.

Além disso, preze sempre pelo bem-estar e segurança no passeio e evite os horários de mais sol, para não causar insolação na criança.

Os melhores horários para passeios são no período da manhã, até as 10 horas, e na parte da tarde, após as 16 horas.

Então, Quando o Bebê Pode Sair para Passear?

Resumindo, a partir do dia 1 de vida, mas antes disso, você deve consultar o médico para ver se já é apropriado para sair.

Para pais que têm mais medo em levar o bebê para fora de casa, a recomendação é após tomar as principais vacinas, quando o sistema imunológico está mais forte, por volta dos 3 meses de idade.

Com isso, tome as devidas precauções para o passeio, certificando-se de que o bebê está protegido do sol e do vento, e que está quentinha na medida certa.

Além disso, tenha o bebê conforto pronto, ajustado e testado no carro, para garantir que está tudo certo.

Separe também uma bolsa maternidade e leve tudo o que será necessário nesse período fora de casa.

Assim você e o seu bebê poderão curtir bastante o passeio.

Por fim, separei um outro guia sobre o que levar para a maternidade. Lá damos todos os detalhes do que será muito útil para você no dia em que o seu filho estiver chegando!

Oi Mãe Quer uma Promoção nos Artigos de Bebê?

Mamãe, estamos com uma parceria exclusiva com marcas renomadas de maternidade, oferecendo até 50% de descontos em de produtos para bebês e mães.

Ser mãe é uma jornada repleta de alegrias, mas também de desafios financeiros e custos inesperados.

Sabemos que ser Mãe traz muitas alegrias mas também muitas despesas. Economizar com produtos pode ajudar você e a sua familia.

Acesse o nosso grupo VIP para mães e receba descontos especiais todos os dias.


Marcia Toledo

Marcia Toledo

Mãe de 3, madrasta de 2 e avó de 4 me deu o titulo de Mãe Experiente. Depois de pura pressão social, decidi compartilhar meus conhecimentos sobre ser uma mãe e ter uma familia.